Exibindo todos 3 resultados

A argila facial é um dos tratamentos para a pele mais antigos do mundo. Essas preparações já eram utilizadas pelos gregos e egípcios para a limpeza e o embelezamento da pele há muitos anos.

Esse material é de origem mineral e é coletado diretamente o solo. Na sua composição, encontram-se, basicamente óxido de alumínio, óxido de silício e água. Mas a sua concentração isso pode variar de acordo com o tipo de argila.

E os benefícios da argila facial para o rosto são muitos. Entre eles: a absorção de toxinas e impurezas, a esfoliação da pele e o seu consequente afinamento e clareamento. Além disso, há um favorecimento da reconstituição de tecidos, eliminação da oleosidade e de bactérias nocivas.

Porém, cabe destacar que existem muitos tipos de argila diferentes. E que cada um desses tipos terá um efeito melhor, dependendo do seu objetivo. Conheça, a seguir, quais são os principais tipos de argila facial e escolha a sua.

Os principais tipos de argila facial

A argila verde é altamente recomendada para peles oleosas e com tendência a acne. Ela faz um peeling natural e remove o excesso de oleosidade da pele, além de prevenir o envelhecimento. Além disso, é tonificante, adstringente, analgésica, cicatrizante e antibactericida.

A argila vermelha tem maior indicação para peles mais sensíveis (assim como a argila rosa). Ela absorve a oleosidade e renova as estruturas celulares, prevenindo o envelhecimento precoce.

Já a argila cinza tem uma maior indicação para peles com manchas e com tendência à oleosidade. Isso, porque o titânio em sua composição é excelente no combate aos cravos e espinhas. Além disso, ela é um excelente esfoliante.

O tipo mais nobre de todos de argila facial é a argila preta (ou lama vulcânica). Ela proporciona efeitos anti-inflamatórios, antiestresse e absorvente. Em contrapartida, a argila branca é a mais indicada para peles sensíveis e desidratadas, proporcionando ação cicatrizante e suavizante.

Cart Item Removed. Undo
  • No products in the cart.